Archive for the 'Clarice Lispector' Category

::: Seja autêntico, sempre!

Viver em sociedade é um desafio porque às vezes ficamos presos a determinadas normas que nos obrigam a seguir regras limitadoras do nosso ser ou do nosso não-ser…
Quero dizer com isso que nós temos, no mínimo, duas personalidades: a objetiva, que todos ao nosso redor conhece; e a subjetiva… Em alguns momentos, esta se mostra tão misteriosa que se perguntarmos – Quem somos? Não saberemos dizer ao certo!!!
Agora de uma coisa eu tenho certeza: sempre devemos ser autênticos, as pessoas precisam nos aceitar pelo que somos e não pelo que parecemos ser… Aqui reside o eterno conflito da aparência x essência. E você… O que pensa disso?

Que desafio, hein?
“… Nunca sofra por não ser uma coisa ou por sê-la…”

– Clarisse Lispector –

Anúncios

::: Dê valor aos momentos, e não as lembranças. Porque o passado, nunca mais retorna e o seu futuro você faz no seu presente

Abraço

::: Não espere que a felicidade bata na sua porta. Corra e lute por ela!

 

” Sonhe com aquilo que você quer ser, porque você possui apenas uma vida, e nela só se tem uma chance de fazer aquilo que quer. Tenha felicidade bastante para fazê-la doce. Dificuldades para fazê-la forte. Tristeza para fazê-la humana. E esperança suficiente para fazê-la feliz. As pessoas mais felizes não tem as melhores coisas. Elas sabem fazer o melhor das oportunidades que aparecem em seus caminhos. A felicidade aparece para aqueles que choram. Para aqueles que se machucam. Para aqueles que buscam e tentam sempre. E para aqueles que reconhecem a importância das pessoas que passaram por suas vidas. “

— Clarice Lispector —

::: A cada segundo, uma nova oportunidade. Isso é a vida!

Viver

Muito cuidado antes de julgar alguém. A pedra que você atira em alguém hoje, é a mesma na qual você tropeça amanhã….!

Antes de julgar a minha vida ou o meu caráter, calce os meus sapatos e percorra o caminho que eu percorri, viva as minhas tristezas, as minhas dúvidas e as minhas alegrias. Percorra os anos que eu percorri, tropece onde eu tropecei e levante-se assim como eu fiz. E então, só aí poderás julgar. Cada um tem a sua própria história. Não compare a sua vida com a dos outros. Você não sabe como foi o caminho que eles tiveram que trilhar na vida.

— Clarice Lispector —

Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença. Mas às vezes a saudade é tão profunda que a presença é pouco: quer-se absorver a outra pessoa toda. Essa vontade de um ser o outro para uma unificação inteira é um dos sentimentos mais urgentes que se tem na vida.

– Clarice Lispector –

AMOR

Compreendi que para ser feliz basta querer…
Aprendi que o tempo cura,
Que a mágoa passa,
Que a decepção não mata,
Que o hoje é reflexo de ontem…
Compreendi que podemos chorar sem derramar lágrimas,
Que os verdadeiros amigos permanecem,
Que a dor fortalece,
Que vencer engrandece…
Aprendi que sonhar não é fantasiar,
Que a beleza não está no que vemos e sim no que sentimos,
Que o valor está na conquista…
Compreendi que as palavras têm força,
Que fazer é melhor do que falar,
Que o olhar não mente,
Que viver é aprender com os erros…
Aprendi que tudo depende da vontade…
Que o melhor é ser nós mesmos…
Que o segredo da vida é VIVER!!!

E umas das coisas que aprendi é que se deve viver “apesar de”.

Apesar de, se deve comer.

Apesar de, se deve amar.

Apesar de, se deve morrer.

Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para frente.

Foi o “apesar de”, que me deu uma angústia que, insatisfeita, foi criadora de minha própria vida.

– Clarice Lispector –


Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 6.054 outros seguidores

Arquivo de Posts

Categorias

:: Desde 09/2011 ::

  • 373,352 visitas