Pausa para Reflexão !

A vida é algo que exige muito de nós, ela nos exige que estejamos sempre ativos e preparados para tudo que ela nos traz, sejam coisas boas ou não. Em geral, quando passamos por momentos delicados, desejamos não estar presente naquele momento, ansiamos não estar vivendo aquela situação, desejando ser apenas ouvintes ou figurantes naquele momento, porém, a vida tão rigorosa, nos coloca como personagens principais de uma cena que não gostaríamos de vivenciar.

Muitas vezes traçamos um rumo à nossa vida, fazendo planos e metas para determinado período, ou até para ano seguinte, entretanto, a vida novamente nos surpreende trazendo pessoas que mudam totalmente o nosso rumo para melhor, ou não. Quando é para melhor nem sentimos falta das metas que não alcançamos, porém, quando é para pior, nos remoemos de arrependimento desejando não ter conhecido aquela pessoa.

Muitas pessoas estão totalmente sozinhas, perdidas no mundo, vagando a procura de uma razão para viver, e nesse percurso entram seres que tornam a sua vida cheia de motivos para seguir em frente; entretanto há pessoas que já encontram uma pessoa a qual lhe traz a felicidade, fazem planos juntos, mas a vida arma cilada, ou deslizes próprios, e até coisas inexplicáveis ocorrem que em um tempo mínimo toda aquela história construída vai para os ares.

E diante dessas idas e vindas da vida, acabamos tomando decisões precipitadas por consequência da emoção, do ódio, da ira, e sem nos darmos conta, fazemos uma “burrada” enorme. E pior ainda é quando as pessoas nem se dão conta da “burrada” que fazem, não assumem nem enxergam seus erros.

Às vezes temos que deixar de sermos tão críticos e seletivos diante de coisas tão simples, pois, perdemos tempo analisando as situações e suas circunstâncias, e deixamos de vivenciar e aproveitar tais momentos.

Devemos deixar de querer as coisas sempre perfeitas e vivê-las sem neuras, viver como crianças sem preocupação alguma.

Pessoas se incomodam todo tempo, com contas, com a roupa que estão usando, e até com as roupas que os outros usam. Às vezes, o comportamento dos outros nos irrita tanto, que nem percebemos que o nosso comportamento é semelhante ou pior.

Às vezes, se fazer de mudo ou surdo é mais satisfatório do que fazer questionamentos de tudo. A inocência presente no coração das crianças é capaz de fazê-las não pensarem em classes sociais, em dinheiro, em alimentação adequada, se estão sujas ou não. Essas coisas as tornam tão puras, e se observarmos ao brincarem, veremos que coisas sem graça nenhuma para nós, são brincadeiras dotadas de motivos, regras e sentido para elas.

E isso não é algo fora do comum, toda essa pureza e essa inocência já esteve presente em nosso comportamento nessa fase de nossas vidas, só que deixamos de lado, devido aos compromissos e coisas que ocorreram em nosso desenvolvimento, que acabam nos deixando mais firmes, fortes e até insensíveis.

Isso sim merece ser analisado por nós! Quando nos apaixonamos, é tudo tão lindo, tudo tão perfeito e encantado, ai surge a pergunta: por que no decorrer do tempo todo esse encanto some? Talvez porque queremos nos mostrar melhores para nós mesmos, e desejando que os outros também mudem conosco, deixamos de lado toda pureza e vida que tínhamos inicialmente.

Devemos, a cada minuto, nos lembrar de onde viemos, o que nós queremos e o que nos faz feliz, e não criticando e questionando tudo na vida, até por que existem coisas inexplicáveis, e muitas vezes por serem inexplicáveis, tornam tudo mais simples e até mágico.

 – Franciane Nascimento da Silva –

—————————————————————————

Essa linda reflexão foi escrita pela leitora Franciane Nascimento da Silva, especialmente pro Deixe escapar a emoção!

Anúncios

7 Responses to “Pausa para Reflexão !”


  1. 1 KAMBAMI 17/12/2014 às 07:37

    É, parabéns a Franciane e a você Fabi por trazer a reflexão para todos nós. Muitos pontos desta reflexão me parecem ser o que tormenta a poucos pensantes. Concordo quando ela descreve não só os que ficam apontando dedos de julgo a tudo mas também da pureza que há quando ainda criança somos. Lindo! Adorei a partilha. Abraços! 🙂

    • 2 bianaoliveira 18/12/2014 às 11:52

      Sinceramente, sempre admirei a sinceridade e espontaneidade das palavras e ações de uma criança. Acredito que temos conosco, apenas não deixamos desabrochar.

      Abraços,
      Fabi

  2. 3 marielfernandes 17/12/2014 às 10:20

    Bons pontos. Pessoalmente, nunca coloquei na mão de ninguém os destinos que são meus. Seria muita responsabilidade para o outro e muita irresponsabilidade para mim.

  3. 6 Rancho das Crônicas! 30/12/2014 às 10:57

    Adorei sua reflexão… Existir é ser imprevisível e deixar que o outro também o seja. A dor ou a alegria diante de algo inesperado acontece pode ter suas razões em nossas expectativas/sonhos/desejos/planos o que vai determinar a nossa abertura ou fechamento ao novo. Viver é fazer o caminho do imprevisível, porque não somos como os animais e nem as pedras para os quais tudo já está programado.


Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 6.054 outros seguidores

Arquivo de Posts

Categorias

:: Desde 09/2011 ::

  • 372,835 visitas

%d blogueiros gostam disto: